segunda-feira, 17 de março de 2014

Tudo o que vem de Deus é bom. Sem meio termo

2 comentários. Clique aqui e deixe o seu também!

Para Tiago, não existe meio termo: tudo aquilo que vem de Deus é bom, por natureza. Por outro lado, se alguma coisa é boa, é porque veio do Senhor. “Não se enganem, meus queridos irmãos. Tudo de bom que recebemos e tudo que é perfeito vem do céu, vem de Deus, o Criador das luzes do céu. Ele não muda, nem varia de posição, o que causaria a escuridão” (Tiago 1.16-17).

Satanás é o “pai da mentira” (João 8.44). Através dos milênios, ele vem proclamando as boas coisas que ele dá de presente aos seus adoradores: desde muito dinheiro, até os prazeres mais excitantes da vida. O lado trágico de tudo isso é que muitos engolem a propaganda enganosa do Inimigo.

Aqueles que são sinceros, ao descobrir o preço espiritual que, no fim, Satanás exige, humilham-se perante Deus e pedem perdão. E, porque perdão é uma das extraordinárias boas dádivas do Senhor, Ele nos perdoa e nos restaura.

A base do engano satânico é nos dizer que as coisas boas de Deus não incluem provações, lutas, dificuldades. Por isso, muitos encaram enfermidades e desemprego como punição, ao invés de bênção. Por isso, quando o Senhor nos dá coisas difíceis, diferente do que pedimos, concluímos que Ele não nos ama. Tudo o que vem de Deus é bom. Isto inclui sofrimentos, injustiças, provações, discriminação.

Em resumo, Paulo afirma: “Todas as coisas trabalham juntas para o bem daqueles que amam a Deus” (Romanos 8.28). Se amamos nosso Deus, temos garantida Sua bondade.

Pr. Olavo Feijó

A-BD

quinta-feira, 6 de março de 2014

Voltando!

4 comentários. Clique aqui e deixe o seu também!
Depois de alguns longos meses de ausência, estamos, aos poucos, reativando este espaço.

Em breve, novos textos.


Oreis por nós!